Arquivo de junho, 2013

Antoine de Saint-Exupéry, l’auteur du Petit Prince, aurait eu 113 ans aujourd’hui.

Foto: 29 Juin: date anniversaire de la naissance d'Antoine de St Exupéry, auteur, entre autre, du célèbre "Petit prince".

“Le langage est source de malentendus”. (Saint-Exupéry)

Le Petit Prince en sanskrit.

Le Petit Prince en sanskrit.

La fondation Antoine de Saint-Exupéry pour la Jeunesse (F-ASEJ) lance un projet pionnier pour 2013, à l’occasion du 70ème anniversaire du livre “Le Petit Prince”: rendre accessible ce célèbre conte d’Antoine de Saint-Exupéry aux enfants et adolescents aveugles et mal-voyants.
Ce film réalisé par la fondation Antoine de Saint-Exupéry pour la jeunesse, en collaboration avec l’armée de l’air et avec le soutien de Dassault Aviation et Dassault Systèmes, est destiné à promouvoir ce projet d’édition adaptée du livre “Le Petit Prince” pour les jeunes aveugles.

Pour plus d’information : http://www.fasej.org.

Audio livre Le Petit Prince.
Pour travailler la compréhension orale, ou tout simplement redécouvrir ce classique d’une autre manière.

Pour le télécharger directement:
http://www.mediafire.com/download/li09m0e8dw66ieu/AudioBook+-+Livre+audio+-++-+Le+Petit+Prince+-+Jean-Louis+Trintignant.mp3

Aos poucos os objetivos do blog mundotexto são alcançados. Refiro-me especialmente ao objetivo de promover interações entre pesquisadores, o qual se concretiza através da indicação do blog como fonte de estudo na área de Linguística Textual em um site alemão para estudantes de Português Brasileiro (http://www.portuguesbrasileiro.de).

À propósito da relação inicial de mundotexto com a Alemanha, expliquei em outro post como foi a escolha do nome do blog: a partir da leitura de artigo produzido por uma linguista textual de nacionalidade alemã, chamada Monika Schwarz.

A responsável pelo site Português Brasileiro: Sobre o idioma e a cultura do Brasil é a pesquisadora Katia Arend, curitibana que conheci no curso de mestrado da Universidade Federal do Paraná. Ela desenvolveu sua pesquisa na Universidade de Leipzig, atualmente ensina Português Brasileiro na cidade de Leipzig.

E assim expresso meu agradecimento pela referência feita ao blog:

fotos-fotos-da-bandeira-do-brasil-19b07c

Uma sugestão de mundotexto: O simbolismo da Bandeira do Brasil.

Comment comprendre l’expression française: “Vouloir le beurre et l’argent du beurre”? Dans quel contexte emploie-t-on cette expression ?

Le beurre

Voilà les significations:

Tout vouloir, sans contrepartie.

Vouloir gagner sur tous les plans.

Alors, l’origine:
L’usage de cette expression nous vient au moins de la fin du XIXe siècle. Le bon sens paysan veut qu’on ne puisse pas, honnêtement, vendre le beurre qu’on vient de fabriquer, en garder l’argent, mais garder aussi le beurre, histoire de pouvoir le revendre encore et encore.

File:Baratte normande.jpg

Baratte normande utilisée pour transformer le lait en beurre.

Vouloir toujours tout garder à soi, vouloir tout gagner sans rien laisser aux autres, c’est vouloir le beurre et l’argent du beurre. Même si on réussit temporairement et honnêtement à garder le beurre et l’argent du beurre, il ne faut jamais perdre de vue que le beurre, comme l’argent, peuvent fondre très facilement et rapidement.

Quelques variantes:

Vouloir le beurre, l’argent du beurre et le sourire de la crémière / fermière.
Vouloir le beurre, l’argent du beurre et la fille de la crémière / fermière.
Vouloir le beurre, l’argent du beurre et la crémière / fermière.

À propos des variantes, il faut souligner qu’il n’est pas politiquement correct de dire cela, mais au moins c’est drôle.

Pour en savoir plus: expressio.fr.

Sempre o mito da corrupção da língua.

Nem uma coisa nem outra.

Vale lembrar que não é bem assim como se ouve falar…

Não adianta, por exemplo, depreciar as práticas de linguagem por meio de variedades de textos com diferentes propósitos comunicativos que são escritos na internet, em mídias sociais como o Facebook e em toda infinidade de TICs mediante as justificativas de:

– destruição da língua materna só por causa da grafia de abreviaturas diferentes, pontuação abundante, acentuação e letras maiúsculas de modo deficiente;

– interferência negativa no aprendizado da língua escrita ilusoriamente tida como a certa;

– modificação “total” do português em uso por aqui, que muito antes do surgimento das TICs nem se parecia mais com aquele usado em Portugal;

– desconhecimento das regras gramaticais, mas de qual gramática? tradicional? descritiva? de usos? da língua falada?

– e por aí vai…

Pensar assim denota um posicionamento purista em relação à língua ou mesmo de negação/desconhecimento do fenômeno da variação linguística tão presente em nossa vida diária, nos falares e escritos que nos rodeiam, além de um olhar desequilibrado sobre a  prática de ensino de produção textual devido à fixação nas formas linguísticas em maior escala do que na construção dos sentidos textuais. Por fim, o pior de tudo é perceber que em muitos casos atribui-se “o fracasso metodológico do ensino de notação ortográfica para um fator externo à prática pedagógica que por si só não pode ser responsabilizado” (XAVIER, 2005, p. 13).

rede
Por isso concordo com Marcuschi, “os sentidos são bens humanos“!

ler é dificil

Quantos professores deparam-se com alunos que apresentam dificuldades de leitura não resolvidas na fase de alfabetização?

Quantos estudantes chegam à fase adulta e atuam profissionalmente tendo que driblar essas dificuldades sem saber exatamente do que se trata?

Quantas percepções leigas e diagnósticos são produzidos de forma equivocada sobre déficit de leitura?

Quantos estigmas estão por aí incrustados na vida de quem tem dificuldades de leitura e não recebeu o devido apoio para superá-las?

Com a leitura de coluna desta semana da revista Veja – As pupilas da sra. Irlen, assinada por Claudio de Moura Castro – recordei-me de reflexões em torno dos questionamentos acima expostos, muitos dos quais fizeram parte das discussões de que participei no núcleo de pesquisa “Aquisição e Funcionamento da Linguagem: implicações para a clínica fonoaudióloga”, da Universidade Tuiuti do Paraná durante o ano de 2009.

O que me proponho a destacar é que quando alguém apresenta dificuldade de leitura, o déficit a princípio pode ser tomado como dislexia que, em linhas gerais (pois são abundantes as nomenclaturas e definições na literatura), trata-se de um problema cognitivo de rendimento inferior da habilidade de leitura em relação à idade, inteligência e escolaridade da pessoa (FARIA, 2013), uma desordem da leitura de palavras e da fluência da leitura,  uma disfunção intelectual para a leitura.

Como sempre há o outro lado da história, há casos que podem ser explicados por um problema oftalmológico denominado síndrome de Irlen e assim definido:

A Síndrome de Irlen (S.I.) é uma alteração visuoperceptual, causada por um desequilíbrio da capacidade de adaptação à luz que produz alterações no córtex visual e déficits na leitura. A Síndrome tem caráter familiar, com um ou ambos os pais também portadores em graus e intensidades variáveis. Suas manifestações são mais evidentes nos períodos de maior demanda de atenção visual, como nas atividades acadêmicas e profissionais que envolvem leitura por tempo prolongado, seja com material impresso ou computador (MAGALHÃES, 2013).

A psicóloga Helen Irlen foi quem descobriu a síndrome que, dentre outras características, envolve o desordenamento da movimentação das pupilas. No Brasil, o Hospital de Olhos de Minas Gerais conta com uma equipe de oftalmologistas que se dedica à pesquisa da patologia, ao esclarecimento de profissionais de diferentes áreas sobre a questão e ao desenvolvimento de programa para tratamento dos casos.

Para os portadores da síndrome de Irlen, as letras do texto tremem, pulsam e até desaparecem.

Para os portadores da síndrome de Irlen, as letras do texto tremem, pulsam e até desaparecem.

Implicações decorrentes da falta de identificação correta desse problema que limita o processo de aprendizagem são, por exemplo, o diagnóstico equivocado de casos de Dislexia, DTA e TDAH, a indicação de medicamentos desnecessários, o comprometimento da vida escolar e profissional dos portadores, a percepção inconsciente do portador em relação às suas dificuldades de leitura, como alerta a Dra. Marcia Guimarães, para quem as disfunções aparecem muito mais quando se lê:

(…) sob excesso de luzes fluorescentes, contraste, cores fortes, muito volume de texto por página, letras menores e impressão em papel brilhante. O mais preocupante é que esta é exatamente a situação em que se aplica a prova do ENEM – centenas de estudantes com Síndrome de Irlen não identificada terão seu desempenho prejudicado pelo estresse visual e hipersensibilidade à luz, cansaço progressivo e dificuldade de manter a atenção por tempo prolongado, com erros na transferência de gabaritos e falta de compreensão por déficits na eficiência visual.

Para conhecer mais sobre o assunto, acesse: http://www.dislexiadeleitura.com.br

The second International Symposium on Functional Linguistics will be held at the Federal University of São Carlos (UFSCar) and will be jointly organized with the São Paulo State University (USP) and Federal University of Mato Grosso do Sul (UFMS).

As in the first symposium it aims to bring together researchers from different functionalist backgrounds, to discuss theoretical and descriptive issues from different points of view.

This symposium will specifically address the question of the interface between morphosyntax, semantics and pragmatics in the description and analysis of language. It departs from the principle that grammar is somewhat “modular”, which means that the meaning, in a broad sense, is encoded in languages through levels / layers / patterns that characterize functional theories in general.

Conference Dates: August 14, 2013 to August 16, 2013.

GUEST SPEAKERS
Profa. Dra. Adele Goldberg (Princeton University – EUA)
Prof. Dr. Christian Matthiessen (POLYU – Hong Kong)
Prof. Dr. Daniel Garcia Velasco (U. Oviedo – Spain)
Profa. Dra. Maria Helena de Moura Neves (UNESP/UPM – Brazil)
Prof. Dr. Robert van Valin (U. Duesseldorf – Deutschland)

For more information about the 2nd International Symposium on Functional Linguistics, please open the following link: http://silfufscar.wix.com/silf-2013.

4e Rencontre Internationale de l’ISD qui se tiendra à Genève du 17 au 19 juillet 2013.

ISD

Faisant suite aux rencontres qui ont eu lieu à Sao Paulo (2005), à Lisbonne (2007) et à Belo Horizonte (2008), ces 4èmes Rencontres se proposent de réfléchir aux conditions, aux modalités et aux effets de la dynamique qui caractérise l’interaction permanente entre activités humaines et productions langagières. Seront ainsi (re)mis en discussion les fondements théoriques et épistémologiques qui permettent de penser cette dynamique interactive, les approches méthodologiques mobilisées pour la saisir, les cadres dans lesquels elle se déploie, ses multiples formes de manifestation, la nature et la teneur des effets engendrés, ou encore les propriétés structurelles et fonctionnelles des unités et des processus qui y sont impliqués.

Cette 4ème édition des Rencontres constituera également l’occasion de rendre hommage à Jean-Paul Bronckart, initiateur de cette approche.

Cliquez sur le lien pour accéder au site: http://www.isd-international.org

The 2nd International Conference on Psycholinguistics of the National Association of the Postgraduate Program and Research of Humanities and Linguistics will happen from September 30th to October 05th of 2013 at the Universidade Federal da Paraíba, Brazil.

The event will keep, in a lesser extent, the same profile of the previous event which happened in 2010 at the UFRJ. This event aims to provide academic debates about the nowadays most important themes of Experimental Linguistics.

The second International Conference on Psycholinguistics will be attended by national and international researchers. Its structure is set up in conferences, round tables, posters and mini-courses which will approach several topics such experimental methodologies, language processing by L2 learners, theoretical processing models, as well as opportunities to one show and argue about researches that are being developed by his or her laboratories.

With this organization the event intent to attend as teachers and reasearches’ interests both undergraduate and postgraduate students ones. The event also aims to support researches in this area that that keep itself developing, growing and aging at the national scenario.

DEADLINES

Abstract Submissions: June 30, 2013

Notification of Acceptance: July 30, 2013

Payment after Notification of Acceptance: August 1, 2013 – September 15, 2013

Registration – Audience: September 30, 2013

Workshops: September 30, 2013

Conference Dates: September 30, 2013 – October 5, 2013

For more information about  the 2nd International Conference on Psycholinguistics of the National Association of the Postgraduate Program and Research of Humanities and Linguistics, please open the following link: http://www.cchla.ufpb.br/clv/eventosgtpsico/anpoll/index.php.

The event will happen from September 30th to October 5th at the Universidade Federal da Paraíba which is located in João Pessoa, Brazil.

The event is an important contact and interchange instrument between Language Acquisition researches all over the world taking into account as their geographic-academic origins either their theoretical-methodological ones.

The third  International Conference on Language Acquisition will be attended by national and international researchers. The event is set up in conferences, round tables, coordinated-sessions, mini-courses and book launches.

DEADLINES

Abstract Submissions: June 30, 2013

Notification of Acceptance: July 30, 2013

Payment after Notification of Acceptance: August 1, 2013 – September 15, 2013

Registration – Audience: September 30, 2013

Workshops: September 30, 2013

Conference Dates: September 30, 2013 – October 5, 2013

For more information about  the 3rd International Conference on Language Acquisition, please open the following link: http://www.cchla.ufpb.br/clv/eventosgtpsico/enal/index.php