O fenômeno da onomatopéia

Publicado: agosto 15, 2013 em Material Didático, Piadas Linguísticas
Tags:, , , , , , ,
Fonte: Depósito de Tirinhas

Fonte: Depósito de Tirinhas, blog Infame Lúdico.

Interessante a maneira como o uso de uma onomatopéia foi explorado na tirinha de Rafael Nemer para produzir o efeito de humor. Aproveitando mais o conteúdo da piada, vejamos como a linguística trata a questão.

A onomatopéia é um fenômeno linguístico bem particular de cada língua. Por exemplo, “miau” tem a seguinte representação linguística em:
alemão – miauen
inglês – mew
francês – miauler

Para uma comparação de outras particularidades linguísticas, podemos consultar um anexo da Wikipedia com lista de onomatopéias em várias línguas. Como se vê, não só a grafia, por consequência, a sonoridade desses vocábulos também é diferente. E isto quer dizer então que um gato domesticado em comunidade de fala francesa mia diferente de um gato do Brasil?

Não é bem assim, segundo Martins (2000), dentre outras definições apresentadas em Introdução à estilística, a onomatopéia diz respeito à imitação acidental de sons pelo homem, ou seja, sua construção está ligada a determinado momento e indivíduo. A partir dessa consideração, é possível entender que o fenômeno vincula-se à cultura de uma língua e caracteriza-se por sua natureza estilística e expressiva (SOUZA, 2007).

Por assim dizer, o mesmo pesquisador conclui que a onomatopéia não é um elemento universal para as línguas naturais e por isso relativiza o princípio saussureano de arbitrariedade do signo, justamente pela variação que há na relação entre significante e significado de onomatopéias nas diferentes comunidades linguísticas. Um dos fatores incidentes é a sonoridade de fonemas próprios de cada língua.

* sui-generis = locução latina que significa “do seu gênero próprio”

Anúncios
comentários
  1. pirosferacandida disse:

    Muito legal! Limite e linguística! 😉

  2. angelinoneto disse:

    Muito interessante esse efeito!!! Contudo, peço licença para passar lhe um texto que li hoje no site “Mídia sem máscara”, deverás interessante também, aproveito o ensejo do uso que você fez a respeito da “arbitrariedade dos sígnos”.
    Gostaria de obter mais opniões a respeito da matéria tratada, “O acordo ortográfico”.
    O link do texto é: http://www.midiasemmascara.org/artigos/cultura/14423-no-que-respeita-a-lingua-do-brasil-so-vem-merda.html
    Grato pela atenção! Cordialmente, Angelino Neto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s