Posts com Tag ‘tecnologia’

seminário

Informações: www.utfpr.edu.br/prograd/eventos

Está aberta chamada para publicação de artigos das próximas edições (2014) da Revista de Tecnologia Educacional (RTE) da Associação Brasileira de Tecnologia Educacional – ABT.

Os interessados devem acessar o site para mais informações.

Acesse: http://www.abt-br.org.br/

Seguem algumas sugestões de atividades para o estudo do tema empréstimos linguísticos no 9º ano do EF.

A) Leitura e interpretação de texto instrucional.

empre licoVersão para impressão: PDF1

B) Elaboração coletiva do infográfico “Empréstimos Linguísticos no Português Brasileiro”, utilizando palavras previamente pesquisadas pela turma e conteúdo do material da atividade A.

mapa empr licosVersão para impressão (formato de folha A3): PDF2

C) Atividade de aplicação de conhecimentos sobre empréstimos linguísticos (planejada a partir de levantamento de usos inadequados em produções textuais de termos como “facebook“, “twitter“, “orkut” etc).

Objetivo: compreender a diferença da grafia de nomes próprios de origem estrangeira (especificamente de sites, programas, aplicativos, jogos etc.) em logotipos, endereços eletrônicos e textos escritos; a proposta é que o aluno complete o quadro com as formas usadas no texto escrito.

logotipos

 

Reproduzo o comunicado recebido do editor desta revista portuguesa, Tiago Lima, bem como
recomendo a leitura dos artigos, cujos temas principais são comunicação, mídia, internet
e afins. De modo especial, interessei-me pela proposta do trabalho: "Problematizar para
intervir: rádio online e educação para os media como estratégia de inclusão de jovens", 
produzido por Maria José Brites, Sílvio Correia dos Santos, Ana Jorge e	Catarina Navio.

Crédito: © mapoli-photo

Crédito: © mapoli-photo

*********************************************************************
Dear Colleagues,
 
We are pleased to announce that (OBS*) Observatorio journal's latest issue
is now available.
 
Vol 8 No 1 (2014), including contributions from scholars from Spain, Sweden,
Portugal, Colombia, Australia, Pakistan, Greece and Cyprus, published in
English, Spanish and Portuguese, is now available to any interested reader,
free of charge – simply go to the website
[http://obs.obercom.pt/index.php/obs] and register.
 
OberCom, Observatory for the Media, is one of Portugal’s premier centres
on media research. Its peer-review journal, Observatorio(OBS*), is an
online, multimedia, open access, academic character publication. It is an
interdisciplinary e-journal which, although focused in communication, is
opened to the contributions of other subjects which claim themselves as part
of the Communication Studies’ areas, from academia to the business-related
world.
 
Observatorio (OBS*) e-journal is a publication with international character,
which accepts and publishes texts written in Portuguese, Spanish, Catalan,
Galician, Italian, French and English.
 
We hope you will find this project of interest to your research activity and
that, in a near future, we will be able to count with your work among the
authors published at Observatorio (OBS*) journal.
 
Gustavo Cardoso and Rita Espanha
Editors
 
Tiago Lima (Tiago.lima@obercom.pt)
Journal Manager
___________________________________________________
Caros colegas,
 
É com satisfação que anunciamos o lançamento do mais recente número da
revista académica Observatorio (OBS*).
 
O Vol 8 No 1 (2014) inclui contribuições de investigadores de Portugal,
Suécia, Colômbia, Espanha, Austrália, Paquistão, Grécia e Chipre. Os
textos presentes neste volume encontram-se publicados em Inglês, Castelhano
e Português, disponíveis para consulta por parte dos leitores interessados
– bastando, para tal, navegarem até
[http://obs.obercom.pt/index.php/obs].
 
OberCom, Observatório da Comunicação, é um dos centros portugueses de
investigação em comunicação. A sua revista Observatorio (OBS*) é uma
publicação online, multimédia, em open access, e de características
académicas. Trata-se de uma revista interdisciplinar que, embora focada na
comunicação, se encontra aberta às contribuições de outras áreas que
se reclamem parte dos estudos da comunicação, desde a academia até ao
mundo empresarial.
 
Observatorio (OBS*) e-journal é uma publicação de alcance internacional,
que aceita e publica textos escritos em Português, Inglês, Francês,
Italiano, Castelhano, Catalão e Galego.
 
Esperamos que este projecto editorial seja de interesse para o seu trabalho
de investigação e que, num futuro próximo, possamos contar com trabalhos
seus entre os autores publicados pela Observatorio (OBS*).
 
Gustavo Cardoso e Rita Espanha
Editores
 
Tiago Lima
Journal Manager, OBS
 
Observatorio (OBS*)
Vol 8, No 1 (2014)
Table of Contents
http://obs.obercom.pt/index.php/obs/issue/view/40
 
Articles
--------
Framing the Financial Crisis: An unexpected interaction between the
government and the press
	Kajsa Falasca
 
A clearer picture: Towards a new framework for the study of cultural
transduction in audiovisual market trades.
	Enrique Uribe-Jongbloed,	Hernán David Espinosa-Medina
 
A mediatização da dengue na imprensa portuguesa:  Os casos do Público,
Expresso, Jornal de Notícias e Diário de Notícias
	Felisbela Lopes,	Rita Araújo
 
Tendencias de uso de YouTube: optimizando la comunicación estratégica de
las universidades iberoamericanas
	Alba Patricia Guzmán,	Maria Esther Del Moral
 
Inevitabilidade Digital: O Poder dos Laços Fracos, Convergência e
Curiosidade na Disseminação do Stuxnet
	Hugo Filipe Ramos
 
Mediating the voice of personal blogging: an analysis of Chinese A-list
personal blogs
	Jianxin Liu
 
Problematizar para intervir: rádio online e educação para os media como
estratégia de inclusão de jovens
	Maria José Brites,	Sílvio Correia dos Santos,	Ana Jorge,	Catarina Navio
 
Service Quality of News Channels: A Modified SERVQUAL Analysis
	Muhammad Mursaleen,	Mubashir Ijaz,	Muhammad Kashif
 
Las prácticas auto-promocionales en el discurso periodístico de TVE
	Marina Santín Durán
 
The Internet as a source of information. The social role of blogs and their
reliability
	Maria Keskenidou,	Argyris Kyridis,	Lina P. Valsamidou,	Alexandra-Helen
Soulani
 
 
__________________________________
Observatorio(OBS*)
http://obs.obercom.pt/index.php/obs
Aberta a submissão de artigos para os números de 2014

A Revista Texto Livre recebe submissões de artigos, resenhas e ensaios de tema livre para os dois
números de 2014:

- até 5 de março para o número de outono;
- até 5 de agosto para o número da primavera.

A Revista Texto Livre: linguagem e tecnologia, ISSN 1983-3652, é uma publicação científica
semestral do Grupo Texto Livre (www.textolivre.org), da Faculdade de Letras da UFMG, e visa à
publicação de textos inéditos sobre Linguística, Educação (inclusive Educação a Distância), 
Cultura Livre, Software Livre, Tecnologia da Informação e, sobretudo, abordagens interdisciplinares.
Ela recebe textos em português, inglês, espanhol, francês e italiano, que são submetidos à 
avaliação do Conselho Editorial, segundo as normas para contribuições. Sua maior classificação
pela Capes atualmente é B3 na área Interdisciplinar.
As diretrizes para os autores podem ser encontradas no seguinte endereço:
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/about/submissions#authorGuidelines
(pode-se ajustar o idioma no menu à direita do site)

Atenciosamente,
Comissão editorial
Texto Livre: Linguagem e Tecnologia - ISSN 1983-3652 
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/

---------------------
Convocation: Open submission of articles for 2014 issues

The Texto Livre Journal receives submission of free theme articles, reviews and essays for 
two issues of 2014:

- up to March 5 for the autumn issue;
- up to August 5 for the spring issue.

The Texto Livre Journal: linguagem e tecnologia, ISSN 1983-3652, is a biannual scientific publication of
Texto Livre Group (www.textolivre.org), of the Faculty of Letters of the Federal University of Minas
Gerais - UFMG, and aims to publish unedited texts about Linguistics, Education (including Distance
Education), Free Culture, Free Software, Information Technology and, above all, interdisciplinary approaches.
It receives texts in Portuguese, English, Spanish, French and Italian, which are submitted to the evaluation
of the Editorial Board, according to the rules for contributions. His highest rating currently is B3 in
Interdisciplinary area by Capes. Guidelines for authors can be found at the following address:
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/about/submissions#authorGuidelines

(adjust language in the menu on the right site)

Regards,
editorial Board
Texto Livre: Linguagem e Tecnologia - ISSN 1983-3652 
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/

------------------
Está abierta la sumisión de artículos a los números de 2014

La Revista Texto Livre recibe sumisiones de artículos, reseñas y ensayos de tema libre para los 
dos números de 2014:

  - hasta el 5 de marzo para el número de otoño;
  - hasta el 5 de agosto para el número de primavera.

La Revista Texto Livre: linguagem e tecnologia, ISSN 1983-3652, es una publicación científica semestral
del Grupo Texto Livre (www.textolivre.org), de la Facultad de Letras de la UFMG, y tiene como objetivo
publicar textos inéditos sobre Linguística, Educación (incluyendo Educación a Distancia), Cultura Libre,
Software Libre, Tecnología de la Información y, en especial, abordajes interdisciplinarios. Ella recibe
textos en portugués, inglés, español, francés e italiano, que son sometidos a la evaluación del Consejo
Editorial ,según las normas para contribuciones. Su calificación más alta por Capes actualmente es de B3
en el área Interdisciplinaria. Instrucciones para los autores se puede encontrar en:
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/about/submissions#authorGuidelines
(ajustar lengua extranjera en el menú a la derecha de la página).

Atentamente,
Comisión editorial
Texto Livre: Linguagem e Tecnologia - ISSN 1983-3652 
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/

----------------
Appel à communication: soumission d'article aux numéros de 2014

La Revue Texto Livre accepte les soumissions d'articles, de comptes 
redus/critiques et des essais pour deux numéros en 2014:

- jusqu'au 5 mars pour le numéro de l'automne;
- jusqu'au 5 août pour le numéro de printemps.

La revue Texto Livre: linguagem e tecnologia, ISSN 1983-3652, est une publication scientifique semestrielle
du Groupe Texto Livre, de la Faculté de Lettres de l'Université Fédéral de Minas Gerais (UFMG), et vise à
publier des travaux relevant du champ diversifié de la Linguistique, de l'Éducation (y compris l'Enseignement
à Distance), de la Culture Libre, du Logiciel Libre, de la Technologie de l'information et des approches
interdisciplinaires en particulier. Elle reçoit textes en portugais, anglais, espagnol, français et italien, 
qui sont soumis anonymement, pour évaluation, à deux membres compétents du conseil scientifique, selon les
règles relatives aux contributions. Sa classification est B3 par Capes actuellement dans le domaine
Interdisciplinaire. Les directrices pour les auteurs peuvent être trouvés à l'adresse:
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/about/submissions
(la langue peut être sectionnée sur le menu de droite du site).

Cordialement,
Comité de rédaction
Texto Livre: Linguagem e Tecnologia - ISSN 1983-3652 
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/

-------------------
Aperta la sottomissione di articoli per i numeri di 2014

Il Periodico Texto Livre accoglie sottomissioni di articoli, recensioni e saggi su qualsiasi argomenti per 
due numeri in 2014:

- fino al 5 marzo per il numero di autunno;
- fino al 5 agosto per il numero di primavera.

Il periodico Texto Livre: Linguagem e Tecnologia, ISSN 1983-3652, è una pubblicazione scientifica 
semestrale del Gruppo Texto Livre (www.textolivre.org), della Facoltà di Lettere dell’UFMG, e mira a
pubblicare articoli originali su Linguistica, Educazione (compreso Educazione a Distanza), Cultura Libera, 
Software Libero, Tecnologia dell’Informazione e, soprattutto, approcci interdisciplinari in particolare.
Essa ottiene testi in portoghese, inglese, spagnolo, francese e italiano, che sono sottomessi alla 
valutazione del Consiglio Editoriale secondo le regole per le contribuzioni. Suo punteggio più alto 
attribuito per la Capes adesso è B3 in ambito interdisciplinare.

Linee guida per gli autori sono disponibili all'indirizzo:
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/about/submissions#authorGuidelines

Cordiali saluti,
Commissione Editoriale
Periodico Texto Livre: Linguagem e Tecnologia - ISSN 1983-3652 
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/
Revista Texto Livre: Language And Technology
http://periodicos.letras.ufmg.br/
E-mail: revistatextolivre@letras.ufmg.br

O exercício da autoria através das tecnologias e do que a mídia pode proporcionar é o que tento fazer neste blog, seja produzindo textos e conteúdos, seja compartilhando textos e produções alheias.

Por indicação de uma amiga, tomei conhecimento de interessante projeto que incentiva tal prática autoral. Refiro-me ao Festival de Vídeo Estudantil e à Mostra de Cinema, realizados em Guaíba, cidade da região metropolitana de Porto Alegre/RS.  O festival é gratuito, voltado às comunidades estudantil e geral, conta com etapas preparatórias durante o ano e divulgação em escolas da rede básica de ensino. Aproxima-se agora a etapa final que acontecerá de 25 a 30 de novembro de 2013.

Não poderia deixar de destacar o texto de apresentação que consta no site do evento, pois considero ser uma fonte propulsora de realidades, ideias e produções sobretudo (e não exclusivamente) para professores do Brasil inteiro:

“A proposta do Festival de Vídeo Estudantil e Mostra de Cinema – Guaíba/RS, além de firmar-se como um evento que revela a capacidade de alunos da rede básica de ensino de lidar com a linguagem da mídia e exercitar sua autoria utilizando a tecnologia para expressar-se, é de expandir-se como experiência pedagógica de sucesso, partilhando uma metodologia de formação de leitores e produtores de mídia televisiva com educadores e estudantes de pedagogia. As oficinas que oferecem referências básicas da linguagem e noções técnicas da utilização do equipamento de captação e edição de imagens são programadas como atividades preparatórias, visando estimular a participação qualificada de alunos e professores que desejam realizar suas produções para o Festival de Vídeo.

Numa cidade que não possui sequer uma sala de exibição, a Mostra de Cinema oportuniza o acesso de toda a comunidade de Guaíba a filmes nacionais, além de revelar especificidades da linguagem, produção e montagem na área do cinema, contemplando aos interessados em ampliar seus conhecimentos com palestras e oficinas.”

Mais informações:
E-mail: festival@festvideoguaiba.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/festestudantil
Endereço para correspondência: Instituto Estadual de Educação Gomes Jardim, Rua Dr. José Montaury, 289 – Centro – Guaíba/RS – Cep 92500-000

1. Linhas gerais da proposta de estudo

As implicações de novas tecnologias no contexto social são inegáveis, sobretudo, ao considerar as opções para estabelecer interações sociais surgidas desde a disseminação de inovações como a internet. Na ótica de Crystal (2005), o advento desse novo meio de comunicação afetou toda a sociedade e dispõe de caráter revolucionário concernente a aspectos linguísticos, tecnológicos e sociais.

Ao atribuir um caráter revolucionário à internet, o linguista irlandês conduz à percepção de mudanças de ordem linguística verificadas, por exemplo, em bate-papos virtuais, fóruns de discussão, e-mail. Nesses eventos de comunicação, realiza-se a prática social de estabelecer vínculos (pessoais, comerciais, educacionais, profissionais, etc.) através de uma prática discursiva: a troca de textos escritos em diversos gêneros com traços de oralidade e associados a elementos visuais e sonoros.

A inovação de tal mídia deve-se ao status ser a maior rede mundial de computadores, para Crystal, a principal mudança tecnológica, além do compartilhamento de dados entre computadores, cuja velocidade de processamento depende da configuração atualizada de equipamentos e programas específicos. Por sua vez, o dinamismo e a interatividade, propiciados pela conexão com a rede mundial, estendem-se à comunicação interpessoal feita em ambiente digital ou ao que a literatura linguística e de teorias da comunicação propõem como comunicação mediada por computador (CMC).

Na perspectiva social, o mesmo linguista ressalta mudanças comportamentais decorrentes da CMC, pois, em interação à distância, pessoas contatam amigos, clientes, professores, familiares e inclusive desconhecidos do mundo inteiro. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)[1] confirmavam em 2005 a reconfiguração do comportamento social, exemplificada por: uso concentrado de internet entre jovens de 15 a 17 anos (33,9%), a predominância de usuários pertencentes à população ocupada e estudantil (39,1%) e a constatação de que a comunicação com outras pessoas e educação/aprendizado eram na época as duas principais finalidades de acesso à internet.

Partilhamos da ideia de que a interação social na internet se dá pela troca de textos escritos em diversos gêneros, dentre os quais, destacamos o gênero depoimento publicado na versão brasileira do site de relacionamentos Orkut. Inclusive é possível encontrar em textos dessa variedade traços de outros gêneros digitais, como e-mail, blog e bate-papo virtual. Foi essa consideração empírica que conduziu ao interesse de verificar o comportamento dos depoimentos do Orkut, enquanto gênero que integraria o conjunto de gêneros textuais identificados em situação emergente no contexto da tecnologia de comunicação digital. Para tanto, situamos inicialmente nossa proposta na perspectiva de estudos vislumbrada por Marcuschi (2005: 13):

Os gêneros emergentes nessa nova tecnologia são relativamente variados, mas a maioria deles tem similares em outros ambientes, tanto na oralidade como na escrita. Contudo, sequer se consolidaram, esses gêneros eletrônicos já provocam polêmicas quanto à natureza e proporção de seu impacto na linguagem e na vida social. Isso porque os ambientes virtuais são extremamente versáteis e hoje competem, em importância, entre as atividades comunicativas, ao lado do papel e do som. Em certo sentido, pode-se dizer que, na atual sociedade da informação, a Internet é uma espécie de protótipo de novas formas de comportamento comunicativo. Se bem aproveitada, ela pode tornar-se um meio eficaz de lidar com práticas pluralistas sem sufocá-las […]

Acrescentamos que o interesse em promover o debate na comunidade acadêmica sobre a interferência de novas tecnologias digitais em manifestações linguísticas decorre da possibilidade de examinar um aspecto significativo do processo de reformulação cultural pelo qual passa a sociedade contemporânea, cujo agente principal é a internet. Assim, as mudanças comportamentais – de cunho social e linguístico – são observadas como alterações sujeitas a aspectos da cibercultura, na acepção de Lévy (1999: 17): “o conjunto de técnicas (materiais e intelectuais), de práticas, de atitudes, de modos de pensamentos e de valores que se desenvolvem juntamente com o crescimento do ciberespaço”[2].


[1] Esses dados constam do suplemento da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD de 2005 sobre acesso à Internet e posse de telefone móvel celular para uso pessoal, um levantamento realizado pelo IBGE em parceria com o Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.bra.
[2] Ciberespaço é o espaço da Internet, segundo Crystal (2005: 77): “um mundo de informação, presente ou possível, em forma digital (chamado anteriormente de information superhighway)”.

Apresento a síntese da pesquisa que desenvolvi com textos de depoimento do site Orkut. A dissertação foi defendida na UFPR em 2011. O título completo é “O que você tem a dizer sobre (…)? Expressões nominais indefinidas no depoimento do Orkut.”

RESUMO: Esta pesquisa vincula-se à proposta de estudo da Linguística Textual e baseia-se em pressupostos sociocognitivistas e sociodiscursivos para abordar o tema da recategorização lexical marcada por expressão nominal indefinida (ENI). Trabalhamos com um corpus composto de textos de depoimentos produzidos e publicados em páginas de usuários brasileiros do site de relacionamentos orkut. A recategorização lexical consiste na remissão a referente textual ou objeto de discurso já introduzido na memória discursiva através de expressão referencial que o reapresenta sob outra perspectiva, sob nova categoria. O objetivo da pesquisa é examinar o funcionamento de recategorizações lexicais com ENI em depoimentos – espécies de declarações pessoais sobre sujeito com o qual se estabelece vínculo social no contexto real ou virtual – que circulam na versão brasileira do site orkut, o software de suporte desse gênero discursivo. Definimos como hipótese que a recategorização com ENI parece relacionada a características do depoimento do orkut de modo semelhante ao que já se observou em ocorrências de outros tipos de anáfora textual. A hipótese norteia-se não só pela observação de particularidades do gênero como a seleção recorrente de ENIs, o caráter lacunar e fragmentário, o propósito comunicativo, o suporte, mas define-se também pelo pressuposto de envolvimento constante de ENIs em recategorizações lexicais (CUNHA LIMA, 2004) e pela necessidade de estudar aspectos que condicionam o funcionamento da recategorização lexical em certos gêneros discursivos (MATOS, 2004). Realizamos uma análise qualitativa de 34 textos pertencentes a único gênero e, para caracterizar as recategorizações com ENI, levamos em conta as configurações das cadeias referenciais, das estratégias referenciais, das funções argumentativas e dos núcleos nominais das ENIs. Os dados evidenciam que as recategorizações com ENI combinam-se com outras estratégias referenciais, como anáfora com relação meronímica, encapsulamento, rotulação metaenunciativa, tematização-remática; prevalecem dentre as ocorrências de tematização-remática com frases nominais; admitem variações na operação que podem adquirir traços metafóricos e de parcialidade; têm como principal função argumentativa a avaliação, destacando-se também as funções de glosa e estético-conotativa; compõem-se de núcleos nominais (hiperônimos, termos genéricos) que junto com os determinantes indefinidos fortalecem a especificação da categoria ou classe atribuída ao objeto de discurso. Por um lado, concluímos que a recategorização lexical com ENI constitui um recurso produtivo à disposição do enunciador que tem um espaço reduzido a 1024 caracteres para escrever um depoimento no site orkut. Por outro lado, a seleção de ENIs com função integradora de anáfora e predicação direciona a publicação de dizeres concisos e com potencial para agregar uma orientação apreciativa às descrições de que fazem parte.
Palavras-chave: Anáfora textual. Depoimento. Expressão nominal indefinida. Recategorização lexical.

 

RÉSUMÉ: Cette étude est lié à la perspective adoptée par la Linguistique Textuelle et est basé sur les principes sociocognitivistes et sociodiscursives. Le sujet de recherche est la recatégorisation lexicale qui est marquée par l’expression nominale indéfinie (ENI). Nous travaillons sur un corpus formé de témoignages produits et publiés dans les pages des utilisateurs brésiliens du site de réseau social orkut. La recatégorisation lexicale est un processus par lequel l’expression anaphorique se reporte a un référent textuel ou un objet-de-discours déjà introduit dans la mémoire discursive à travers une expression référentielle qui le réintroduit sous un autre angle, sous une nouvelle catégorie. Cette recherche a pour but d’examiner le fonctionnement des récategorisations lexicales avec des ENIs dans les témoignages – des types de déclarations personnelles sur un sujet avec lequel l’énonciateur établit des liens sociaux dans le contexte réel ou virtuel – qui circulent dans la version brésilienne du site orkut, le logiciel de support de ce genre discursif. Nous posons comme hypothèse de recherche si la recatégorisation avec l’ENI semble liée aux caractéristiques des temóignages du site orkut d’une manière similaire à ce qui a déjà été observé dans les occurrences d’autres types d’anaphore textuelle. L’hypothèse est basée non seulement sur l’observation des particularités du genre telles que la sélection récurrente de l’ENI, le caractère lacunaire et fragmentaire, l’objectif communicatif et le soutien, mais également sur la présupposition de l’implication constante de l’ENI dans les recatégorisations lexicales (CUNHA LIMA, 2004) et sur la nécessité d’examiner des aspects qui influencent le fonctionnement des recatégorisations dans certains genres discursifs (MATOS, 2004). Notre étude se fonde sur l’analyse qualitative de 34 textes appartenant à un genre donné et nous prenons en compte les paramètres des chaînes référentielles, des stratégies référentielles, des fonctions argumentatives et des têtes nominales des expressions afin de caractériser les recatégorisations avec l’ENI. Les données montrent que les recatégorisations avec l’ENI : se combinent avec d’autres stratégies de référence, comme anaphore avec la relation méronymique, l’encapsulation, l’étiquetage méta-énonciatif, la thématisation rématique; prédominent parmi les occurrences de thématisation rématique avec des phrases nominales; admettent des changements dans l’óperation qui peut prendre des traits métaphoriques et de partialité; ont pour principale fonction argumentative l’évaluation, en soulignant également les fonctions explicative et esthétique-connotative; se composent des têtes nominales (hyperonymes, termes génériques) qui, avec les déterminants indéfinis, renforcent la spécification de la catégorie ou classe attribuée à l’objet-de-discours. D’une part, nous concluons que la recatégorisation lexicale avec l’ENI est une ressource productive à la disposition de l’énonciateur qui a un espace réduit à 1024 caractères pour écrire un témoignage sur le site orkut. En outre, la sélection des ENIs avec fonction intégrée de la prédication et de l’anaphore dirige la publication de paroles concises étant possible d’ajouter une orientation reconnaissante pour les descriptions dont elles font partie.
Mots-clés: Anaphore textuelle. Témoignage. Expression nominale indéfinie. Recatégorisation lexicale.

A mágica da máquina de escrever

A mágica da máquina de escrever. Crédito: autor desconhecido

Disquete?!?

Disquete?!?

A rede social mais popular do Brasil antes do Facebook.

A rede social mais popular do Brasil antes do Facebook

Entre o presencial e o virtual, difícil escolha?

O pragmatismo virtual. Créditos: autor desconhecido

Inversão de valores da sociedade

Inversão de valores da sociedade

"Virtualidade e atualidade são apenas duas maneiras de ser diferentes." - Pierre Levy

“Virtualidade e atualidade são apenas duas maneiras de ser diferentes.” – Pierre Levy

A construção do conhecimento em debate

A construção do conhecimento em debate

A visão cega

A visão míope

“Enquanto tal, a virtualização não é nem boa, nem má, nem neutra. Ela se apresenta como o movimento mesmo do “devir outro” – ou heterogênese – do humano. Antes de temê-la, condená-la ou lançar-se às cegas a ela, proponho que se faça o esforço de apreender, de pensar, de compreender em toda a sua amplitude a virtualização” (O que é o virtual? – Pierre Levy, p. 11-12).